Azul Bahia

Natura Musical e Governo da Bahia apresentam o novo álbum de Talita Avelino: “Azul Bahia”

Cantora lança disco no Centro Cultural São Paulo (CCSP), no dia 11 de janeiro

Escute o disco: youtube.com/watch?v=a0DbN-cctWI&t=1240s

Um agradável caldeirão de sensações e sons. Assim é o som da cantora Talita Avelino. Nascida em São Paulo, radicada em Salvador e apaixonada pela Bahia, Talita chegou para seduzir ouvidos bem sintonizados e corações dispostos a arriscar o ritmo de suas batidas em nome da boa música.

No próximo dia 11 de janeiro, quinta, São Paulo recebe o lançamento do disco “Azul Bahia”, no CCSP, às 21h. Em seguida, a artista segue com a tour do novo trabalho pelo país.

Em seu segundo álbum totalmente autoral, intitulado “Azul Bahia” (Natura Musical), a mistura entre ritmos afro-baianos, elementos da MPB e batidas universais norteiam a construção de um repertório que transita entre uma atmosfera romântica e uma sonoridade essencialmente dançante, servindo de convite irresistível ao trabalho dessa artista. Com fortes influências da música popular brasileira e da música africana, “Azul Bahia” conta com 11 faixas e participações arrebatadoras, como As Ganhadeiras de Itapuã (grupo baiano vencedor do Prêmio da Música Brasileira em 2015 na categoria “Melhor Álbum Regional”) e Larissa Luz (cantora baiana indicada ao Prêmio da Música Brasileira em 2017 na categoria “Melhor Cantora”). Nesse seu segundo disco, Talita busca a construção de um trabalho mais urbano e traz timbres mais contemporâneos através de uma formação constituída por baixo, bateria, guitarra, trompete, trombone e percussão. A presença de um time de músicos bem requisitados revela a concepção de um álbum bem cuidado e que demorou dois anos para ser construído, entre as primeiras ideias e a sua finalização. No conjunto de “Azul Bahia”, observamos nas letras um painel formado por recortes de tempo na vida de uma pessoa encantada diante da presença do mar e em busca de emoções vitais, histórias de amor, conexão com a sua ancestralidade e respeito pela mulher. Ijexá, samba reggae, afrobeat, maculelê e toda malemolência das sonoridades baianas são sutilmente inseridos nos arranjos das músicas. A produção musical é assinada pelo músico e produtor Leco Brasileiro.

Sobre Talita Avelino

Talita Avelino é cantora e compositora. Com os pés fincados em Salvador desde 2015, a artista dá um roupagem urbana e poética aos diversos elementos de sua formação cultural ao longo de suas viagens entre São Paulo e Bahia. Em seu primeiro EP intitulado “Pequena Flor”, a cantora elaborou uma vasta pesquisa sobre as sonoridades da cultura popular brasileira. O trabalho autoral mostra uma artista romântica, pop e, sobretudo, brasileira. No ano de 2013, Talita ganha destaque como finalista no FENAC, principal festival nacional para compositores. Numa parceria com a cantora Marcela Bellas e com as musicistas Diana Ramos e Larissa Lacerda, a artista constitui em 2015 o grupo “Las Marditas”, onde toca acordeom e violão. Atualmente, a cantora segue finalizando o seu segundo trabalho autoral intitulado “Azul Bahia” e realizando shows.

O projeto foi selecionado para receber o patrocínio do edital Natura Musical, com apoio do Governo do Estado da Bahia, por meio do FazCultura. “O Natura Musical foi criado para valorizar a diversidade e identidade da música brasileira”, diz Fernanda Paiva, gerente de Marketing Institucional da Natura. “Desde 2012, o edital Bahia já contemplou 26 projetos no Estado de artistas como Russo Passapusso, Larissa Luz, Giovani Cidreira, Lucas Santtana e, agora, Talita Avelino”, complementa.

Sobre o Natura Musical

Com doze anos, o Natura Musical tem hoje um papel inédito na valorização da produção contemporânea e da identidade musical brasileira: já apoiou mais de 1350 produtos culturais (mais de 1200 shows, 132 CDs, 26 DVDs, 21 livros e 5 filmes), chegando diretamente a 1,3 milhão de pessoas e 1,3 milhão de seguidores no ambiente digital.

Na frente de fomento, os projetos são selecionados prioritariamente por meio de editais públicos, em nível nacional, com uso das Leis Rouanet e Audiovisual, e em nível regional, com uso de ICMS, conforme a disponibilidade de recursos.

A marca lança em média 20 discos por ano, com destaques em listas de melhores do ano e premiações nacionais e internacionais, além de patrocinar shows, livros, filmes e acervos digitais. Ao inaugurar a Casa Natura Musical, em São Paulo, amplia sua participação no entretenimento, com uma vitrine permanente para a rica e pulsante produção musical brasileira.

Sobre a Natura

Fundada em 1969, a Natura é uma multinacional brasileira de cosméticos e produtos de higiene e beleza. Líder no setor de venda direta no Brasil registrou R$ 7,9 bilhões de receita líquida em 2016, possui mais de 7 mil colaboradores, 1,8 milhões de consultoras e operações nos EUA, França, Chile, México, Peru, Colômbia e Argentina. Foi a primeira companhia de capital aberto a receber a certificação B Corp no mundo, em dezembro de 2014, o que reforça sua atuação transparente e sustentável nos aspectos social, ambiental e econômico. A estrutura da companhia é composta por fábricas em Cajamar (SP) e Benevides (PA), oito centros de distribuição no Brasil, um hub logístico em Itupeva (SP) e centros de Pesquisa e Tecnologia em São Paulo (SP) e Nova York (EUA). Detém o controle da fabricante australiana de cosméticos Aesop, com lojas em países da Oceania, Ásia, Europa e América do Norte. Produtos da marca Natura podem ser adquiridos com as consultoras Natura, pela Rede Natura rede.natura.net, por meio do app Natura ou em lojas em São Paulo, Rio de Janeiro, Paris e Nova York. Para mais informações sobre a empresa, visite http://www.natura.com.br e confira os seus perfis nas seguintes redes sociais: Linkedin, Facebook, Instagram, Twitter e Youtube.

 

Ficha Técnica do show “Azul Bahia” em SP

Produção Musical: Leco Brasileiro
Arranjos de Metais: Matias Traut

Direção artística: Manuela Rodrigues
Figurino: Denny Neves
Iluminação: Pâmola Cidrack
Produção Local: Erva Produções
Projeções: Ani Haze

Bateria: Felipe Dieder
Contrabaixo elétrico: Leco Brasileiro
Guitarra: Rovilson Pascoal
Percussão: Ícaro Sá
Trombones: Leo Santiago e Mabu
Trompete: Daniel Gralha

Serviços:

Data: 11 de janeiro

Horário: 21h

Local: Centro Cultural São Paulo

Endereço: Rua Vergueiro, 1000

Informações: 11 33974002

Ingressos: R$ 20 à R$ 10

Evento: centrocultural.sp.gov.br/site/eventos/evento/talita-avelino-azul-bahia/