A Unicesumar, melhor instituição de ensino superior dentre os dez maiores grupos educacionais privados do Brasil, segundo Índice Geral de Cursos (IGC) do Ministério da Educação (MEC), acaba de atingir a marca de 120 mil alunos em todo o país. Destes, 100 mil alunos são da educação a distância e 20 mil do ensino presencial. A instituição chegou ao Ceará em novembro de 2017 e já tem mais de 500 alunos matriculados em 45 cursos.

A marca só foi possível devido à expansão de polos de Educação a Distância (EAD) – no último ano, de 140 unidades para mais de 300 polos pelo Brasil, além da implantação de mais três campis presenciais. A Unicesumar fechou 2017 com mais de 100 cursos aprovados pelo Ministério da Educação, que geraram cerca de 28 mil novas vagas no ensino superior. A principal novidade do ano da instituição foi o lançamento do curso de Engenharias EAD com diferenciais metodológicos como salas investidas, aulas práticas presenciais em laboratórios, tutores facilitadores nos polos, encontros presenciais uma vez por semana, games interativos e realidade aumentada, entre outros diferenciais de mercado.

Porém, mesmo com o crescimento exponencial, a principal meta pessoal do professor Wilson de Matos Silva, reitor da Unicesumar, é manter o Índice Geral de Curso da instituição em 4. Pelo sétimo ano consecutivo, o Ministério da Educação deu nota 4 para a Unicesumar no IGC divulgado em 2017, ratificando a qualidade do ensino oferecido pela instituição. A Unicesumar está no seleto grupo de 4% das instituições de ensino superior com as melhores notas do MEC.

No Conceito Preliminar de Curso (CPC), outro indicador de qualidade que avalia os cursos de graduação das instituições de ensino superior, a Unicesumar também teve bom desempenho em 2017. A instituição ficou entre as dez melhores do Brasil em sete cursos da área de Saúde: Medicina Veterinária (3º lugar), Fisioterapia (4º lugar), Educação Física (5º lugar), Estética e Cosmética (6º lugar), Farmácia (7º lugar), Biomedicina (7º lugar) e Nutrição (10º lugar).

O CPC também avaliou os cursos de EAD e a Unicesumar conquistou o segundo lugar nacional com o curso de Agronegócio e seu curso de Gestão Ambiental foi apontado como o quatro melhor do país.

Em 2017, os programas de Mestrado da Saúde e de Direito também alcançaram o conceito Capes 4 (Comissão de Aperfeiçoamento de Pessoal do Nível Superior), o que possibilitou o início da tramitação do seu programa de Doutorado, que será o ponto de partida da instituição para conquistar o status de universidade.

Reconhecida nacionalmente por sua qualidade educacional, a instituição é formada por um corpo docente onde 80% de seus professores são mestres ou doutores, mantendo parcerias com mais de 200 instituições internacionais.

“2017 foi um ano especial para a Unicesumar. Nosso principal desafio sempre é o de manter a qualidade do ensino. A crise política institucionalizada no Brasil, a instabilidade econômica e as novas regras de financiamentos governamentais geraram um impacto negativo no acesso às vagas de ensino superior privado em todo o Brasil. Mesmo assim, continuamos inovando, acreditando que em tempos de crises também surgem oportunidades, e após elas, quem estiver mais preparado terá mais chances de conquistar o mercado. Por isso, chegamos prontos em 2018”, avalia o reitor.

Para 2018

Especializada na área de educação, a consultoria Hope aponta que as 20 maiores instituições de ensino superior do Brasil, incluindo da Unicesumar, detêm 91% do mercado privado de educação no país. Seguindo este índice, a Unicesumar pretende fechar o ano de 2018 com 500 polos de educação a distância.

Os polos da Unicesumar são dirigidos por mais de 100 parceiros no modelo de gestão compartilhada. “Esse é um modelo inteligente, muito bem desenhado e que permite total confiança do pequeno empresário na instituição de ensino”, diz Alex Penteado, gestor de cinco polos da Unicesumar no interior de São Paulo. Parceiro da Unicesumar desde 2012, Penteado oferece os cursos a 1.800 alunos.

Em 2017, a Unicesumar abriu 180 novos polos, sendo 80 com parceiros atuais. “Em 2018, nosso objetivo é chegar a um total de 500 polos. Temos dezenas de pedidos de parceiros atuais que querem continuar expandindo conosco. Tenho certeza que o plano adotado para a expansão da rede é um modelo de sucesso. A pessoa investe na própria rede, ampliando seu raio de atuação, é porque está feliz com o negócio”, conclui o head de Expansão da Unicesumar, José Henrique Saviani.

Sobre a Unicesumar

Idealizada em 1990 para oferecer ensino de qualidade, a Unicesumar vem ampliando a estrutura física e aperfeiçoando a qualidade no atendimento. Iniciou suas atividades em Educação a Distância em 2006. Em 2018, são 120 mil alunos, cerca de dois mil funcionários e mais de 800 professores, sendo 80% do corpo docente formado por mestres e/ou doutores. A Unicesumar obteve nota 4 no Índice Geral de Cursos (IGC) pelo sétimo ano consecutivo, em uma escala de avaliação de 1 a 5. No ranking dos 149 melhores centros universitários públicos e privados do Brasil, a Unicesumar está na 7ª posição. A instituição também está entre as 10 maiores instituições de ensino privadas do país.

Fortaleza foi uma das primeiras cidades brasileiras a receber a metodologia diferenciada da Unicesumar. A instituição inovou e lançou o curso em Engenharias EAD. A iniciativa já é apontada por especialistas como uma das maiores inovações do ensino superior no país.