Cultura Fique por dentro!

Dragão do Mar abre mostras da 6ª edição do Prêmio CNI SESI SENAI Marcantonio Vilaça

Com exclusividade em Fortaleza, no Nordeste, exposições seguem em cartaz até 1º de julho, no Museu de Arte Contemporânea do Ceará e no Museu da Indústria. O projeto apresenta, entre outros trabalhos, 40 obras do artista cearense Sérvulo Esmeraldo e contará com visita guiada dos curadores. O acesso é gratuito.  

Nesta sexta-feira, 18, o Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura receberá 3 exposições da 6ª edição do Prêmio CNI SESI SENAI Marcantonio Vilaça para as Artes Plásticas. A abertura da itinerância Fortaleza será realizada no Museu de Arte Contemporânea do Ceará – MAC |CE –, às 18h, e será marcada por uma visita às exposições, guiada pelos curadores Marcus Lontra, Josué Mattos e Dodora Guimarães Esmeraldo, além da performance Verzuimd Braziel com o artista Daniel Santiago. O acesso é gratuito.

expo

O conjunto das mostras ocupará todo o MAC|CE. Uma delas é composta pelos trabalhos dos cinco artistas vencedores da sexta edição do Prêmio: Daniel Lannes (RJ), Fernando Lindote (SC), Jaime Lauriano (SP), Pedro Motta (MG) e Rochelle Costi (SP). Em outro espaço, a exposição Verzuimd Braziel – Brasil Desamparado, de Josué Mattos, curador premiado desta edição, apresenta trabalhos dos artistas André Parente, Anna Bella Geiger, Carla Zaccagnini, Cildo Meireles, Clara Ianni, Dalton Paula, Daniel Jablonski e Camila Goulart, Daniel Santiago, Ivan Grilo, Lourival Cuquinha, Regina Parra, Regina Silveira, Santarosa Barreto, Thiago Honório, Thiago Martins de Melo e Vitor Cesar.

O MAC | CE recebe ainda parte da exposição A Intenção e o Gesto, que este ano conta com curadoria de Marcus Lontra e traz uma homenagem a Sérvulo Esmeraldo, considerado um dos pioneiros da arte cinética no Brasil, expondo 40 obras do artista cearense. A seleção integra a 3ª edição do projeto Arte e Indústria, iniciativa que homenageia artistas com processos de criação relacionados à produção industrial, realizado paralelamente ao Prêmio.

Paulo Linhares, presidente do Instituto Dragão do Mar, afirma que “é uma satisfação receber o Prêmio, considerado a mais importante iniciativa do gênero no Brasil, o que mostra que Fortaleza está, definitivamente, na rota de grandes exposições”.    Fortaleza será a única cidade do Nordeste a receber a sexta edição do Prêmio, com circulação iniciada no ano passado, em São Paulo, seguida por Brasília e Goiânia. Após a capital alencarina, a tríade de mostras segue para as cidades Rio de Janeiro (julho a setembro) e Florianópolis (outubro a fevereiro de 2019).

O Prêmio é uma iniciativa da Confederação Nacional da Indústria (CNI), do Serviço Social da Indústria (SESI), do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI). Em Fortaleza, a exposição tem o apoio da Federação das Indústrias do Estado do Ceará (FIEC) e do Instituto Dragão do Mar.

Serviço: Abertura da mostra do 6º Prêmio CNI SESI SENAI Marcantonio Vilaça para as Artes Plásticas + Verzuimd Braziel – Brasil Desamparado + A Intenção e o Gesto – Projeto Arte e Indústria

Dia 18 de maio, às 18h, no Museu de Arte Contemporânea do Ceará – MAC|CE, no Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura (Rua Dragão do Mar, 81 – Praia de Iracema)

Visitações até 1º de julho, de terça a sexta-feira, das 9h às 19h (com acesso até as 18h30); e aos sábados, domingos e feriados, das 14h às 21h (com acesso até as 20h30). Acesso gratuito

Agendamento de visitas mediadas e informações sobre a ação educativa:

(85) 3201 – 3901 (segunda a sexta das 8h às 17h), ou pelo email educativopremiomvilaca@gmail.com