Fique por dentro! Utilidade Pública

Cerca de 700 pessoas participaram do Dia de Ação Social promovido pelo Instituto Aço Cearense

O último sábado foi marcado por intensas atividades de lazer, saúde e cidadania na comunidade Mestre Antônio, no município de Caucaia. O Instituto Aço Cearense promoveu o primeiro Dia de Ação Social para a população do bairro e adjacências, com serviços gratuitos, além de sorteios e apresentações culturais.

Cerca de 700 pessoas estiveram presentes na Associação Escola de Campeões, para usufruir de serviços como aplicação de flúor, teste de HIV/Sífilis, aferição de pressão, teste de glicemia, vacinação, corte de cabelo, manicure, design de sobrancelhas, massagem terapêutica e serviços de cidadania como cadastro do cartão do SUS, atendimento do Cadastro Único e agendamento para emissão de RG. As crianças também participaram de ações voltadas exclusivamente para elas como pintura, aula de dança, pula-pula, entre outras.

A dona de casa Francisca Telma Martins gostou bastante do atendimento que recebeu no Dia de Ação Social. “Todos me atenderam muito bem e foram muito atenciosos. Fiz massagem terapêutica, que nunca tinha feito na vida e agendei para fazer o RG do meu neto que só agora vai passar a ter seu documento graças a essa ação”, afirma dona Francisca. Outra moradora do bairro, Josenira Garcia, achou muito importante a realização deste momento. “Achei muito legal o Instituto Aço Cearense trazer essas atividades para nós, pois a nossa comunidade é carente. Dificilmente temos acesso a serviços como esses. Trouxe a minha família para aproveitar todos os serviços também”, diz Josenira.

Rosemeire Matos, presidente do Instituto Aço Cearense, percebeu no dia a dia da comunidade, que já é assistida pelo Instituto, por meio da Associação Escola de Campeões, que havia a necessidade de uma ação que abrangesse serviços que os moradores do bairro tinham dificuldade de acesso “Queremos que as pessoas daqui saibam que podem ter esse suporte no Instituto Aço Cearense. Com o sucesso desse primeiro evento, estamos pensando em realizar outros, pelo menos duas vezes por ano”, explica a presidente da instituição.