Fique por dentro! Mercado Ceará Mercado Nacional

Projeto da EDP Brasil vence 14º Prêmio Fiec de Desempenho Ambiental

A UTE Pecém, localizada em São Gonçalo do Amarante, conquistou a modalidade Reúso de Água dentre as grandes indústrias

A UTE Pecém, usina termelétrica administrada pela EDP Brasil, venceu a 14ª edição do Prêmio FIEC por Desempenho Ambiental. Os projetos voltados à redução do consumo de água e de reutilização dos efluentes gerados pela usina foram premiados dentre as grandes indústrias, na categoria Reúso de Água. Por meio das ações, 23% do resíduo gerado – o equivalente a 20 mil metros cúbicos por mês – deixaram de ser descartados e fazem parte do processo de geração de energia elétrica. O projeto recebe um investimento anual de R$ 1,2 milhão, sendo 66% por parte da EDP e 33% da Eneva – empresa que também é beneficiada pelo projeto na usina Pecém II.

O comitê de avaliação foi integrado por representantes do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai), Universidade Federal do Ceará (UFC), Secretaria Estadual do Meio Ambiente (Sema), Banco do Nordeste do Brasil (BNB) e Grupo de Interesse Ambiental (GIA).

A redução do gasto de água é uma prioridade para a Usina desde o início das suas atividades, em 2012. “Estamos muito contentes porque a conquista do Prêmio FIEC por Desempenho Ambiental demonstra que todo o esforço e investimentos em Pesquisa & Desenvolvimento estão no caminho certo. A UTE Pecém é uma das mais eficientes do País – todos os anos investimos em ações para reduzir o consumo de água, diminuindo o impacto no meio ambiente”, afirma Lourival Teixeira, diretor técnico da UTE Pecém.

A água que já foi economizada desde a implementação dos projetos seria suficiente para abastecer, durante seis meses, uma cidade com cerca de 48 mil habitantes.   O reaproveitamento e tratamento de efluentes foi proporcionado por um sistema de clarificação da água moderno e compacto. Até o fim do ano, a meta da Companhia é praticamente triplicar o volume recuperado do recurso, passando de 20 mil para mais de 57 mil metros cúbicos mensais.

Outra inovação foi a implantação de um sistema de alta tecnologia, inédito no Brasil, para o tratamento da água de recirculação das torres de resfriamento, a fim de aumentar os ciclos de concentração de 3,5 para 12 vezes, e de reduzir a necessidade de descarte e reposição de água. A iniciativa gerou, ainda, uma redução de até 80 mil metros cúbicos por mês no consumo de água do sistema de resfriamento da Usina. No total, alcançou-se uma economia de 100 mil metros cúbicos mensais.

As unidades geradoras de Pecém, pertencentes ao grupo EDP, têm capacidade de produção de 720MWh, equivalente a 45% da energia consumida em todo o estado do Ceará.


Sobre a EDP no Brasil

Com mais de 20 anos de atuação, a EDP é uma das maiores empresas privadas do setor elétrico a operar em toda a cadeia de valor. A Companhia, que tem mais de 10 mil colaboradores diretos e terceirizados, atua em Transmissão, Comercialização e Soluções em Energia, e possui 15 unidades de geração hidrelétrica e uma termelétrica. Em Distribuição, atende cerca de 3,4 milhões de clientes em São Paulo e no Espírito Santo. Recentemente, adquiriu participação na CELESC, em Santa Catarina. No Brasil, é referência em áreas como Inovação, Governança e Sustentabilidade, estando há 12 anos consecutivos no Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE) da B3.