Fique por dentro! Sociedade

Sendi 2018 realiza treinamento dos juízes que vão atuar no Rodeio de Eletricistas

A competição promove a inovação e coloca em prática a experiência diária do eletricista de maneira, segura, emocionante e divertida.

O trabalho dos eletricistas é de suma importância para garantir o bom fornecimento de energia. O intercâmbio de informações garante a melhoria no serviço, sendo a competição uma das formas de promover isso. Um exemplo disso é o 23º Seminário Nacional de Distribuição de Energia Elétrica (SENDI), que acontecerá em novembro, em Fortaleza, e reunirá 30 equipes no rodeio de eletricistas. A preparação para a competição, começa bem antes disso. Entre os dias 25 e 27 de setembro, haverá o treinamento dos juízes que atuarão durante o evento, em Maracanaú.

Os árbitros são treinados para avaliar a execução das atividades a ser realizadas na rede pedagógica, sob os aspectos de segurança, tempo e cumprimento dos procedimentos técnicos. O Sendi reúne todas as distribuidoras de energia elétrica do país, com 30 equipes participando da competição de rodeio. Cada equipe inscrita envia um juiz para receber treinamento. Em 2018, além da competição, haverá apresentação das melhores práticas.

O 23º Seminário Nacional de Distribuição de Energia Elétrica (SENDI) deve reunir cerca de 5 mil pessoas no Centro de Eventos do Ceará. As inscrições podem ser realizadas no site do evento: https://sendi.org.br/. O evento é realizado pela Abradee e nesta edição tem coordenação da Enel Distribuição Ceará.


O rodeio

Tradicional entre os eletricistas, o rodeio testa os profissionais na realização de tarefas com destreza, habilidade e controle total das normas de segurança e apresentação de práticas inovadoras do sistema elétrico de cada concessionária de energia elétrica do Brasil.

Diferentemente de um rodeio tradicional, no qual os peões enfrentam touros e cavalos, neste rodeio, eletricistas e técnicos qualificados se deparam com postes, equipamentos e estruturas que representam uma rede de distribuição de energia.

Durante a competição, os eletricistas passam tarefas como: adequação da área de trabalho e inspeção de ferramentas e equipamentos; abertura de chave fusível com dispositivo de abertura sob carga; instalação de subconjunto de aterramento temporário tipo sela para MT; substituição de chave fusível fase do meio; equipar-se com EPI com olhos vendados. Todas as atividades fazem parte dos processos de reparação e manutenção da rede elétrica, realizados rotineiramente.


Sobre o Sendi

O SENDI acontece desde 1962 a cada dois anos e, após dez anos, será realizado em uma capital nordestina novamente. O evento é realizado pela Abradee e nesta edição tem coordenação da Enel Distribuição Ceará.