Fique por dentro!

Prefeito Roberto Cláudio apresenta Projeto Meu Bairro Empreendedor

Iniciativa promoverá ações de empreendedorismos em bairros vulneráveis da Cidade

O prefeito Roberto Cláudio apresentou o Projeto Meu Bairro Empreendedor no I Fórum de Investimento Social Privado em Negócios de Impacto Social, nesta quinta-feira (04/10), no auditório da Federação das Indústrias do Estado do Ceará (FIEC). A ação de estímulo ao fortalecimento de economias locais deverá ser lançada até o fim dezembro de 2018.

“O objetivo do Projeto é gerar nas economias locais um impacto que possa ajudar a promover um novo parâmetro de desenvolvimento no território, ao mesmo tempo que estimula a solidariedade e sentimento de pertencimento daqueles que moram neles”, afirmou o gestor da Capital.

Focado no desenvolvimento e fortalecimento do micro empreendimentos em bairros vulneráveis de Fortaleza, a iniciativa terá como foco 20 territórios considerados irradiadores, por possuírem peculiaridades dentro das atividades comerciais realizadas, baixo IDH e vulnerabilidades diversas. A ideia é fazer com que o dinheiro circule dentro da própria comunidade, através de diversos estímulos produzidos pela gestão municipal.

Dividindo em duas em duas etapas, o Meu Bairro Empreendedor será iniciado com dois projetos pilotos, um no Bom Jardim e outro no Serviluz. No primeiro momento, será realizado o diagnóstico de cada bairro, verificando o que já existe de economia solidária e de ações de empreendedorismo, estudado o que pode ser feito para ampliá-las, além da verificação de quais tipos de produção e grau de cooperação existentes entre os negócios em cada localidade.

Na segunda etapa, o trabalho de indução através do poder público será feito com ações de reurbanização das áreas de comércio, criação de Centrais de Referências do Empreendedor e implementações de serviços municipais. As Centrais contarão com wi-fi livre, base de cooworking, sendo desenvolvido nelas capacitações, consultorias e mentorias. Serão criados, ainda, núcleos de cooperação, a exemplo dos das áreas têxteis e de agricultura urbana.

Para possibilitar o investimento local, a Prefeitura disponibilizará um Fundo Financeiro com recursos públicos para dar acesso à linha de micro-crédito e estabelecerá uma moeda virtual local, ampliando a circulação de dinheiro, e com isso, estimulando a criação de empregos e negócios.

O Projeto será financiado pelo Banco de Desenvolvimento da América Latina (CAF) e terá recursos de R$ 100 milhões, a serem investidos em 20 territórios, R$ 5 milhões em cada. A atividade de fortalecimento de empreendedorismo local faz parte do Projeto Fortaleza Competitiva e será executada por meio da Secretaria Municipal do Desenvolvimento Econômico (SDE) em parcerias com outros órgão da Prefeitura.

1º Fórum de Investimento Social Privado em Negócios de Impacto Social
O 1º Fórum de Investimento Social Privado em Negócios de Impacto Social institui um movimento global com propósito de melhorar a qualidade de vida das pessoas ao redor do mundo, levando em consideração desafios sociais e ambientais.