Cultura Fique por dentro!

BLUBELL APRESENTA SHOW “CONFISSÕES DE CAMARIM” NA CAIXA CULTURAL FORTALEZA

No espetáculo performático, a cantora interpreta composições autorais e parceria com Zeca Baleiro do seu quinto álbum, em mesclas de ritmos pop e jazz

A CAIXA Cultural Fortaleza apresenta, de 19 a 21 de outubro, o show “Confissões de Camarim”, em que a cantora e compositora paulista Blubell interpreta canções do seu quinto álbum (homônimo ao espetáculo), lançado em 2016. No repertório, misturas de música pop contemporânea e jazz com a performance teatral de Blubell, que também entoa faixas de discos anteriores. Ela ainda empunha guitarra em algumas músicas e sobe ao palco com a banda composta por Bruno Serroni (violoncello), Zé Ruivo (teclados) e Richard Ribeiro (bateria e programações). O show se desvenda como uma peça de teatro em três atos: “o primeiro ato é mais dançante, o segundo mais romântico e o terceiro mais ‘maluquete’”, aponta a artista.

Produzido por Marcio Arantes (Liniker e Mariana Aydar), que trouxe ao álbum novas tonalidades contemporâneas à provocante verve vintage da cantante, “Confissões de Camarim” consagra Blubell como uma das vozes brasileiras da atualidade e pelas composições autorais. Sua assinatura permeia as 11 faixas do disco, que conta ainda com participação de Zeca Baleiro em “A Tardinha”, com letra do maranhense, e a versão da cantora para “Pretexto”, de Pélico. Blubell segreda penitências de amor, prazeres e fluências vindas com as cores lustradas do cotidiano, entre poéticas revelações, finas doses de ironia e encantamentos da vida, como na bossa-novista “Vida em Vermelho” com levada ska; na balada “Cosmos”; em “Another Day”, cantada em inglês e com pegada beatlemaníaca e no “Bolero do Bem” com nuances de reggae.

A multiplicidade rítmica traz músicas modernas com cara de antigas, como “Funny Honeymoon” e “Ontem”, além da diversidade em “Liberdade X Segurança”, canção mais existencialista que romântica; na mensagem irmanada ao público em “No Camarim” e na final “We’re All Alone”. No show, Blubell ainda retoma discos anteriores, como “Eu Sou do Tempo Em Que A Gente Se Telefonava” e “Diva É A Mãe”, entre as embaladas revelações de “Confissões de Camarim”.

Incentivo à cultura:

A CAIXA investiu mais de R$ 385 milhões em cultura nos últimos cinco anos. Em 2018, nas unidades da CAIXA Cultural em Brasília, Curitiba, Fortaleza, Recife, Rio de Janeiro, Salvador e São Paulo, está prevista a realização de 244 projetos de Artes Visuais, Cinema, Dança, Música, Teatro e Vivências.

A CAIXA Cultural Fortaleza oferece, desde 2012, uma programação diversificada, com opções gratuitas ou a preços populares, estimulando a inclusão e a cidadania. O espaço, situado em um prédio histórico na Praia de Iracema, conta com um cine-teatro com 181 lugares, três amplas galerias de arte, sala de ensaios, salas para oficinas de arte-educação, foyer, café cultural e livraria, além de um agradável jardim e espaços para convivência e realização de eventos.


Serviço:

[Música]: Confissões de Camarim

Local: CAIXA Cultural Fortaleza
Endereço: Av. Pessoa Anta, 287, Praia de Iracema.
Data: de 19 a 21 de outubro de 2018 (de Sexta-feira a Domingo)

Horário: Sexta-feira e sábado às 20h (19 e 20/10) e domingo às 19h (21/10)

Classificação indicativa: Livre

Ingressos: R$ 30,00 e R$ 15,00 (meia-entrada para estudantes, professores, funcionários e clientes CAIXA e pessoas acima de 60 anos).

Vendas a partir de 18 de outubro, das 10h às 20h

Paraciclo disponível no pátio interno

Acesso para pessoas com deficiência e assentos especiais
Serviço de manobrista gratuito no local

Paraciclo disponível no pátio interno

Informações gerais | CAIXA Cultural Fortaleza:

(85) 3453-2770