Marca presente em mais de 30 países, Cerbras comemora crescimento nas vendas ao exterior

Nos últimos dois anos, a Cerbras, empresa genuinamente brasileira com sede em Maracanaú (CE), dobrou as exportações. Em 2017, a empresa foi a maior exportadora brasileira de cerâmica para o Equador, um dos países mais criteriosos na norma de qualidade ISSO, e atualmente compõe o hall das 10 maiores indústrias do Brasil no segmento.

Fora do Brasil, a Cerbras se destaca também por fazer parte de um seleto grupo de empresas no mundo que atendem aos critérios obrigatórios para a comercialização no mercado norte americano com a chancela do selo de qualidade NOA (Notice of Acceptance), certificação internacional exigida para a venda de telhas cerâmicas nos Estados Unidos.

Mesmo as fábricas que possuem ISO 9001 e Inmetro, como a Cerbras, só podem comercializar suas telhas no mercado norte americano, com a liberação do referido selo. Além disso, figura entre as indústrias do setor cerâmico que mais cresceram nessa década, reforçando a força de vendas no Brasil e em mais de 30 países.

“Nossos produtos tem sido muito procurados por empresas do exterior que trabalham com projetos (construtoras) pelo fato de sermos 100% resistentes à mancha d’água e termos a certificação ISO 9001. Temos uma equipe exclusiva para atender o mercado externo, inclusive para reforçar o atendimento nos Estados Unidos contratamos um representante americano. Paralelo a isso, a Cerbras desenvolveu uma linha exclusiva para o mercado norte americano que está disponível também no mercado nacional”, ressalta a diretora industrial, Mariana Mota.