Fique por dentro! Sociedade

Marcelo Cortes Neri faz palestra de abertura do SENDI, maior seminário do setor de energia elétrica brasileiro

Realizado a cada dois anos, o Seminário Nacional de Distribuição de Energia Elétrica (SENDI) acontecerá em Fortaleza, de 20 a 23 de novembro. O evento é o maior fórum de discussões do setor elétrico brasileiro. A palestra de abertura do evento, no dia 20/11, às 18h30, Marcelo Cortes Neri, economista e diretor do Centro de Políticas Sociais da Fundação Getúlio Vargas (FGV). Ele abordará “Trajetória, desafios e perspectivas econômicas, sociais e políticas brasileiras”.

O Sendi tem como intuito de promover a troca de experiências entre as empresas distribuidoras de energia elétrica, fomentando ideias para a manutenção e desenvolvimento da qualidade dos serviços prestados. Nesta edição, o seminário é organizado pelo Grupo Enel e promovido pela Associação Brasileira de Distribuidoras de Energia Elétrica (Abradee). Na programação do evento estão discussões sobre sustentabilidade, digitalização de serviços, gestão regulatória e mobilidade elétrica.

O Seminário acontece desde 1962 e, após dez anos, acontecerá em uma capital nordestina. O Sendi vai ocupar uma área superior a 13 mil metros quadrados, tornando-se o maior evento já abrigado no local. O espaço oferecerá uma área de ampla circulação aos participantes, integrada à feira, onde estarão instalados os estandes, 14 salas – na quais acontecerão os painéis e as palestras – uma área para exposição de produtos e apresentação das demais ações.

Além dos painéis, o SENDI possui uma programação diversificada, com destaque para os trabalhos técnicos. A edição cearense bateu o recorde de 972 inscritos e 274 selecionados para apresentação durante o evento. Os selecionados abordam temas relacionados às áreas técnicas, comerciais, institucionais e de inovação com intuito de promover a troca de experiências entre empresas distribuidoras de energia elétrica. A maior quantidade de trabalhos inscritos foi na área de inovação, com o tema “Novos Modelos de Negócios e Tecnologia”.

Antes mesmo da programação oficial começar, o SENDI terá dois pré-eventos importantes, focados em soluções para clientes e disseminação de práticas inovadoras. O primeiro deles é o Hackathon. O termo que resulta da combinação das palavras inglesas “hack” (programar de forma excepcional) e “marathon” (maratona). De domingo (18), às 08 horas, até segunda (19), às 20 horas, empreendedores, visionários e apaixonados por tecnologia, inovação e sustentabilidade participam de uma maratona de programação, prototipagem e colaboração para desenvolver soluções voltadas ao sistema elétrico. O hackathon é uma grande oportunidade de valorizar talentos e gerar propostas inovadoras e vem se tornando uma dinâmica de inovação aberta cada vez mais utilizada pelas empresas e aplicada em várias áreas do conhecimento.

Já no Rodeio Nacional de Eletricistas – Melhores Práticas, ao invés de tentar permanecer por oito segundos em cima de um boi, os participantes buscam promover a segurança do trabalho e a inovação, disseminando práticas seguras e inovadoras a todas as concessionárias do Brasil. A disputa acontece de terça (20) a sexta (23) e coloca em prática a experiência diária de eletricistas de distribuidoras de todo o país de maneira emocionante e divertida. As equipes demonstram a realização da tarefa com destreza, habilidade e controle total das normas de segurança e apresentação de práticas inovadoras do sistema elétrico de cada concessionária de energia elétrica do Brasil.

Ao longo do evento, além de stands, o SENDI abrigará eventos paralelos relacionados a temas correlatos às distribuidoras de energia, um deles é o Demo Day. Realizado pela primeira vez no seminário, o evento reúne 18 startups, que poderão apresentar soluções ao setor elétrico relacionadas a temas como “City Solution”, Digital, Industrial / Usina Elétrica, Mercado, Renováveis e Sustentabilidade. Nos dias 21 e 22 de novembro, às 15h30, cada startup terá 7 min. cada para fazer sua apresentação, que será exibida nos 14 palcos simultâneos do Sendi. Haverá ainda um espaço, na Arena Futuro, dedicado para que as startups exponham suas soluções e realizem conexões.

A troca de conhecimentos acontece também na área legal, por meio do Seminário Jurídico, que abordará importantes aspectos do setor. As discussões acontecem nos dias 21 e 22 de setembro. A intenção é aumentar a integração entre os agentes do setor e conteúdo valioso aos seus participantes. Haverá ainda o Café Legal, um espaço de networking e disseminação da literatura especializada no setor elétrico.