Fique por dentro! Saúde

Cirurgia bariátrica

Métodos, benefícios e riscos

O gastroenterologista do Hospital Albert Sabin, Dr. Sergio Alexandre Barrichello Junior esclarece as principais dúvidas referentes a esse tipo de procedimento.

As cirurgias bariátricas são procedimentos voltados à perda de peso. Existem diversos tipos de cirurgia e a escolha do método mais adequado depende de algumas características do paciente, que deve decidir junto ao seu médico.

Segundo o Ministério da Saúde, para ser candidato à cirurgia, a pessoa deve tentar por pelo menos dois anos os métodos tradicionais de emagrecimento. Isso inclui reeducação alimentar, tratamento psicológico, atividade física e uso de medicamentos em casos específicos. Se nenhuma dessas alternativas trouxer uma resposta positiva, ela poderá ser avaliada e então fará todos os exames necessários para verificar a possibilidade de ser operada.

O gastroenterologista do Hospital Albert Sabin (HAS), Dr. Sergio Alexandre Barrichello Junior, explica o cálculo utilizado para saber se o paciente é elegível à cirurgia bariátrica: “Atualmente, o índice de massa corporal (IMC), que consiste na conta “peso/altura x altura”, é o maior indicador para realização das cirurgias. Pacientes com IMC maior ou igual a 40 ou acima de 35 com doenças associadas, são classicamente indicados ao procedimento”.

“Diabéticos tipo II de difícil controle, com tempo de doença menor que 10 anos, e com IMC acima de 30, também são elegíveis à cirurgia”, acrescenta o Dr. Barrichello.

Existem diversos métodos de cirurgias. As mais comuns são:

A Bypass, que consiste na diminuição do estômago e desvio do intestino. Essa é considerada uma cirurgia mista;

A gastrectomia em manga, mais conhecida como Sleeve, que é basicamente a retirada de 80% do estômago e não atua no intestino;

E a Banda Gástrica, que é uma cinta colocada ao redor do estômago limitando a passagem do alimento. Essa técnica está sendo progressivamente abandonada.

Quanto aos riscos e benefícios, vale lembrar que se trata de um procedimento cirúrgico e, portanto, sempre haverá riscos. “Contudo, com a melhora dos materiais e aumento das habilidades manuais dos cirurgiões, as taxas de complicações agudas são bastante baixas atualmente”, tranquiliza o Dr. Sergio. “O emagrecimento traz uma melhora importante na qualidade de vida, diminui de maneira consistente a ocorrência de doenças como hipertensão arterial, diabetes Mellitus tipo II, doenças do coração, AVCs, depressão, infertilidade e alguns tipos de câncer.”, complementa.

Vale ressaltar alguns mitos inerentes às cirurgias bariátricas, como, por exemplo, a mulher não poder engravidar após sua realização. “Pode sim, porém, o ideal é esperar por dois anos, tempo que ainda está perdendo peso”, esclarece o gastroenterologista.

Outra dúvida constante é a obrigação de submeter-se a cirurgias plásticas para a retirada de pele após o procedimento. “Nem sempre, depende do tamanho do emagrecimento, idade do paciente e até do tipo de pele”.

“De modo geral, após a cirurgia, é muito importante comparecer aos retornos médicos agendados, respeitar a dieta imposta pela equipe cirúrgica e, sobretudo, saber que é um procedimento grande e toda a conversa com seu médico deve ser entendida e levada à risca”, finaliza o Dr. Barrichello.

Hospital se torna referência na zona oeste

Com 40 anos de experiência, Hospital Albert Sabin passa por revitalização completa e se posiciona como principal polo de saúde da Lapa e região.

Oferecer atendimento humanizado e de qualidade, sempre com cuidado, respeito e atenção são alguns dos valores que orientam o Hospital Albert Sabin. Atuando desde a década de 1970, o HAS conquistou a confiança de pacientes, médicos e moradores da zona oeste da capital paulista. Situado na Lapa, em 2014 iniciou um processo de revitalização e ampliação, dobrando seu número de leitos e modernizando todo seu centro médico. Seus apartamentos dispõem de confortáveis instalações, completo serviço de hotelaria e gastronomia personalizada.

Outro destaque do hospital é sua UTI. Totalmente reformada e com o que há de mais avançado em termos de equipamentos e tecnologia, coloca o HAS em posição de vanguarda e no círculo dos melhores e mais conhecidos hospitais da região. Em 252 m² de área total – 461m² quando concluída a 2ª fase da reforma – os novos leitos contam com toda a estrutura para a supervisão e apoio ao paciente, “Devido ao alto padrão tecnológico de monitoração central, o corpo clínico e enfermagem conseguem acompanhar em tempo real, sem precisar estar à beira do leito, todas as informações pertinentes à saúde do paciente, favorecendo o tempo de resposta em casos de intercorrências” afirma Renan Silva, gerente de operações do hospital.

Com o lema “Sua Vida Tem o Nosso Cuidado”, o Hospital Albert Sabin vai muito além de medicina de excelência e tecnologia de ponta. Busca também a humanização hospitalar, que consiste em práticas de empenho máximo para melhorar a experiência do paciente, de modo que seu ponto de vista seja considerado ao longo de toda a sua jornada no hospital. Tais práticas estendem-se também ao ambiente físico e aos familiares dos enfermos.

Entre os serviços de diagnose e terapia, o hospital – novamente com o que há de mais moderno em equipamentos e com extrema qualidade profissional – oferece Exames Laboratoriais, Anatomia Patológica, Broncoscopia, Colonoscopia, Doppler Transcraniano, Ecocardiograma, Ecodoppler, Eletrocardiograma, Endoscopia Digestiva Alta, Hemodinâmica, Prova de Função Pulmonar, Quimioterapia, Radiologia em Geral, Ressonância Magnética/Angiorressonância, Tomografia Computadorizada/Angiotomografia e Ultrassonografia.

Também conhecido pelo seu notável setor de cardiologia, se tornando, inclusive, também uma referência, o HAS se diferencia pelo seu atendimento cardiológico, contando com pronto atendimento da especialidade, com a UCO (Unidade Coronariana) e realizando procedimentos de cateterismo, angioplastia e demais cirurgias.

Concluindo sua estrutura, o Hospital Albert Sabin ainda dispõe de amplo Pronto Atendimento clínico e ortopédico, Internações eletivas e de urgência, e cirurgias nas mais diversas especialidades. Tudo com a busca incessante da satisfação total de todos os usuários, sejam pacientes, médicos ou visitantes. “Percebemos que ao atingir um alto nível de satisfação no atendimento, conseguimos melhorar a experiência do usuário e diminuir os níveis de ansiedade e tensão em nossos pacientes”, complementa Silva.

Serviço

Endereço

Rua Brigadeiro Gavião Peixoto, 123 – Lapa – São Paulo – SP

Central de atendimento

(11) 3838 4655

Site

http://www.hasabin.com.br